Osho

Osho

Comecei a conhecer Osho aos poucos, quando ainda morava nos EUA atraves de meu professor Indiano de Sanscrito e Yoga, que frequentemente fazia citações e indicava seus livros. A surpresa arrebatadora e o grande impacto transformador aconteceu “por coincidência” ao morar a duas quadras de seu Resort de Meditação na Índia numa mudança para Pune, Índia, com minha família. A oportunidade de me descobrir no caminho da terapia e meditação, trabalhar no resort em diversos setores e treinar com os mais renomados terapeutas da atualidade, enquanto ainda inserida no quotidiano familiar trouxe uma profundidade para incorporar e estabelecer nova consciência em minha vida sem abdicar de nada. Somente claro do velho condicionamento.

Osho me cativou pela dança, pelas meditações ativas, por seu Budha Field e Sannyasins. Me intrigou com seu olhar num telão enorme numa pirâmide ainda mais gigantesca. Osho quebra a seriedade dos assuntos meditação/iluminação/religiosidade, entre outros de grande peso, usando muita inteligência e piadas astutas.

Nas pausas de Osho o encontro acontece, mesmo que o filosofo/místico já não se encontre nesta terra, a sua presença, palavra e celebração ainda se encontra disponíveis aos corações dos corajosos.
www.osho.com